Área restrita para assinante do CLUBE CORREIO FRATERNO.



  • Narrow screen resolution
  • Wide screen resolution
  • Auto width resolution
Assinante do CLUBE

Assinaturas

assine_correio

Enquete

Você assina algum jornal ou revista espíritas?
 

Saiu no Correio


selo-50anos

 

Espaço do Leitor


Saiba
aqui como publicar seus textos no Correio Fraterno

 

Livro de Visitas

 

livro-de-visitas

Passatempo

Confira as respostas do  passatempo do jornal

Newsletter

Cadastre-se e receba as principais notícias

Campanha SORRIA

sorria_e_compartilhe_alegria

Home Nossas Seções Humor A reza brava
A reza brava PDF Imprimir E-mail
Escrito por Tatiana Benites   

laurinha-rezabrabaLaurinha está no centro espírita conversando com seus colegas e Lucas continua sua história:
– Daí minha mãe disse que tinha que fazer uma oração e...
Aninha interrompe e vai dizendo:
– Não é oração, é prece!
Lucas, empolgado e querendo continuar a história, resolve logo:
– Ela disse oração, então é oração.
– Lá em casa também falamos 'oração' – posiciona Sílvia.
– Minha tia fala que temos que fazer uma reza – salienta Laurinha.
– Para mim é tudo a mesma coisa – adianta Lucas.
E Aninha retruca:
– É nada. Reza é reza, oração é oração e prece é prece.
E as crianças começam a discutir sobre o assunto, cada uma com sua opinião, quando chega a professora:
– O que está acontecendo que vocês estão tão agitados hoje?
Laurinha vai logo dando notícias:
– Estamos discutindo qual a diferença entre oração, prece e reza.
A professora se entusiasma ao ver o motivo do burburinho e responde:
– Ora, crianças, o importante é reservar um tempinho para elevar o pensamento e conversar com Deus, não é?
Todos dizem em uma só voz:
– Éééééééé!!!!!
– Então, não importa o nome que se dê para isso, o importante é fazer a reza, a oração ou a prece com o coração aberto, para que nossos amigos espirituais consigam nos auxiliar, ou auxiliar aquele para quem dirigimos nossas boas intenções.
Então Pedro levanta a mão e se manifesta:
– Mas, professora, lá em casa, quando a coisa fica feia, meu pai diz: "Vou ter que fazer uma reza braba!" Entra no quarto e bate a porta. Se é braba não é boa?
– Ele quis dizer que é uma reza com fé e fort...
E antes de terminar Laurinha diz:
– Professora, a senhora já viu o tamanho do pai do Pedro? Se ele faz uma reza brava não tem como não conseguir o que quer, porque até os espíritos vão ficar com medo dele.
Pedro olha para Laurinha e solta:
– Será que é por isso que ele sempre diz depois: "Reza braba sempre funciona!"
– Só de ver os braços fortes dele e a batida da porta, todo plano espiritual deve sair correndo dizendo: "Lá vem ele com a reza braba! Bora ajudar logo!"

 

Conheça os livros da editora

correio fraterno 

 

carrinho

LANÇAMENTO

ex lio

J.W.Rochester revela com sua reconhecida veia literária os bastidores das paixões que rondam a vida de ciganos e saltimbancos no início da Era Moderna. Tudo gira em torno do Grand Circo Monteverdi, onde Rosalva viverá inesquecíveis desafios.

 

 

 

 Autora: Arandi Gomes Teixeira

Espírito J.W. Rochester

 

ISBN: 978-85-98563-97-8
16x23 cm
  496 páginas

 

R$ 39,90


 

Correio nas redes sociais


issuu-logocute-twitter-logo

logo-youtube

facebook